Criativos da Escola tem resultados municipais e nacional

Pessoas   A comunidade  

 
16/11/2016 16:22

Criativos da Escola tem resultados municipais e nacional
Alunos pesquisaram quais eram os brinquedos preferidos e promoveram uma campanha de doação.

Os projetos #Juntos pelo Brincar e Cafofo da Arte, da Escola Municipal de Educação Infantil Iracema Cidade e do Instituto Municipal de Educação Professora Augusta Maria de Lima Marques, foram escolhidos como destaques municipais do Desafio Criativos da Escola, em Caçapava do Sul.  O concurso, promovido pelo programa Parceria Votorantim Pela Educação (PVE),  realizado no município gaúcho pela Votorantim Metais, com o apoio do Instituto Alana e do Instituto Votorantim, busca incentivar a participação e o protagonismo de crianças e adolescentes na área da educação em suas cidades. 

A comissão julgadora escolheu dois projetos como destaques municipais por cidade participante do PVE.  As equipes serão premiadas nos eventos finais do projeto, em cada localidade. Em Caçapava do Sul, será no dia 1º de dezembro, no Instituto Municipal de Educação. Os vencedores municipais receberão como prêmio R$ 500,00, para cada educador investir em sua formação profissional, e R$ 1.500,00, para celebrar a premiação com a escola e a comunidade ou reinvestir no aprimoramento dos seus projetos.  

No total, Caçapava do Sul contou com 13 projetos inscritos no certame. No Brasil, foram 1.014 inscrições, distribuídas em 362 municípios. O destaque nacional selecionado foi o projeto Ensinando e Aprendendo, da cidade mineira de Três Marias. Nele, alunos do 9º ano da Escola Estadual Carlos Alexandre de Oliveira pensaram em levar a escola até adultos não alfabetizados. Assim, com apoio dos professores, colocaram a ação em prática, indo até a casa dos adultos e os ensinando a ler e escrever.
 

Conheça melhor os destaques municipais de Caçapava do Sul 
#Juntos pelo Brincar – A pouca oferta e o desgaste dos brinquedos da Escola de Educação Infantil Iracema Cidade motivaram alunos de 5ª a 8 séries, de outros colégios de Caçapava do Sul, a mobilizarem a comunidade para arrecadação de novos equipamentos. Os jovens pesquisaram junto aos pequenos alunos quais os brinquedos preferidos e promoveram uma campanha de doação, com divulgação nas redes sociais e distribuição de caixas em diferentes locais da cidade. Também confeccionaram carrinhos de rolimã e uma casinha de brinquedo, com materiais reciclados e realizaram um brechó para arrecadar fundos.  Conforme a professora e coordenadora pedagógica Juliane Dias Lopes, o grupo foi crescendo aos poucos. “Um foi chamando os outros”. A partir das ações, os estudantes se tornaram mais sensíveis às necessidades dos outros e reforçaram a crença de que podem transformar a realidade.  

Cafofo da Arte - Com força de vontade e motivação os estudantes do Instituto Municipal de Educação Professora Augusta Maria de Lima Marques transformaram um depósito em espaço multicultural. De acordo com a diretora do Instituto, Janice Marques Alves, o grupo apresentou à direção da escola uma proposta de aproveitamento e transformação. Depois da liberação e alguns ajustes , colocaram a mão na massa e após três meses de muito trabalho a sala mudou totalmente de cara. Hoje, contempla espaço de música, artesanato, inglês, oficinas de leitura e aulas de relações humanas. “A valorização do espaço por ter contado com a participação deles é enorme. Assim eles sentem-se integrantes”, expõe. 

O desafio
Os 11 projetos brasileiros que mais se destacarem nos critérios "protagonismo", "impacto social", "empatia" e "trabalho em equipe" participarão de uma vivência em Salvador (BA). Todos os projetos inscritos, independentenente de premiação municipal, continuam concorrendo. Na viagem, grupos formados por cinco estudantes e dois educadores de cada uma das 11 iniciativas que mais se destacarem poderão trocar experiências e fortalecer seus projetos, além de ganharem prêmios em dinheiro para a escola e para os professores responsáveis. 

O Desafio “Criativos na Escola”  ocorre em 35 países ao redor do mundo, movimentando 25 milhões de crianças e adolescentes a criar e implementar iniciativas que tornam suas escolas e comunidades em lugares melhores.